Gaseificador inicia primeiros testes

  • 0
20161213_191932

Gaseificador inicia primeiros testes

Categoria : Sem categoria

A primeira etapa do gaseificador já está em processo de testes e os resultados são positivos. Foram 761 dias até que os primeiros passos para conquistar um modelo sustentável de cuidar do meio ambiente fossem visíveis. Ao todo, o equipamento contém 25 metros de altura, 40 metros de comprimento e 20 metros de largura.
O processo é feito em algumas etapas: Primeiro o resíduo passa por um equipamento responsável por abrir os sacos de resíduos e realizar a separação do que é orgânico com o que é seco, pois apenas o resíduo seco pode passar pelo gaseificador. É nesta etapa que o é orgânico cai em caçambas para voltar ao aterro. Com os resíduos separados, a segunda parte é a queima até produzir o gás não contaminante e transformar o resíduo em cinzas.
Quando o gaseificador estiver completo, o objetivo é produzir energia a partir da queima do resíduo. O equipamento pode atender cerca de quatro mil residências e gerar 2,5 MW para os moradores do município de Mafra (SC), além de aumentar a vida útil do aterro.

Assista à matéria feita pela RBS Notícias buscando na internet:

Cidades do Norte de SC gastam milhões para levar lixo a aterros 
Projeto em Mafra transforma lixo em energia elétrica 

 

20161213_191932


  • 0

Gaseificador inicia primeiros testes

Categoria : Sem categoria

A primeira etapa do gaseificador já está em processo de testes e os resultados são positivos. Foram 761 dias até que os primeiros passos para conquistar um modelo sustentável de cuidar do meio ambiente fossem visíveis. Ao todo, o equipamento contém 25 metros de altura, 40 metros de comprimento e 20 metros de largura.
O processo é feito em algumas etapas: Primeiro o resíduo passa por um equipamento responsável por abrir os sacos de resíduos e realizar a separação do que é orgânico com o que é seco, pois apenas o resíduo seco pode passar pelo gaseificador. É nesta etapa que o é orgânico cai em caçambas para voltar ao aterro. Com os resíduos separados, a segunda parte é a queima até produzir o gás não contaminante e transformar o resíduo em cinzas.
Quando o gaseificador estiver completo, o objetivo é produzir energia a partir da queima do resíduo. O equipamento pode atender cerca de quatro mil residências e gerar 2,5 MW para os moradores do município de Mafra (SC), além de aumentar a vida útil do aterro.

Assista à matéria feita pela RBS Notícias:
Cidades do Norte de SC gastam milhões para levar lixo a aterros
Projeto em Mafra transforma lixo em energia elétrica

 

20160726_122032

(Foto: Etapa de construção do equipamento – 2016)

 


Deixe um comentário

Categorias